Páginas

Mostrando postagens com marcador Papel Reciclado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Papel Reciclado. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Arte com Papel Reciclado

O que acha de explorar os dons artesanais nas férias?

Aprenda a fazer papel reciclado. Já fiz com meus alunos e foi uma bela experiência.

Como fazer?

Receita de papel reciclado passo a passo:

Reciclar papel pode ser uma atividade muito interessante. Você pode fabricar seu próprio papel reciclado a partir de papéis velhos que você tenha. Com os papéis reciclados você pode fazer embalagens de presente, cartões personalizados e tudo o que a sua imaginação mandar. Vejamos como é fácil fazer papel reciclado:


Ingredientes:


-          Papéis usados, como embrulhos, folhas, revistas, cartões, jornais, etc.
-          Jornais (para secar os papéis)
-          Água

Materiais:

-          Recipientes para cada tipo de papel
-          Liquificador / misturador (ou alternativamente, batedeira ou varinha mágica)
-          Bacia funda
-          Peneira, que caiba na bacia, com a forma desejada
-          Panos velhos

Como fazer o papel reciclado

1. Pique o papel para um recipiente com água suficiente para cobrir o papel (poderá separar o papel em diferentes recipientes consoante o tipo ou cor do papel). Deixe-o a repousar por pelo menos 1 dia (o papel pode ficar de molho por semanas, desde que em recipientes limpos).
Pode ainda incorporar no papel reciclado que vai fazer: folhas secas, pequenas lascas de madeira, cebola triturada, bocadinhos de corda, etc, para fazer bonitos cartões decorativos. Para obter um papel reciclado colorido, deixe também de molho papéis de cores fortes.
(foto ilustrativa)
2. Coloque água e papel no liquidificador, na proporção de três partes de água para uma de papel. A própria “água do molho” pode ser aproveitada. Bata a mistura até obter a textura desejada (quanto mais bater, mais homogénea ficará a mistura, mas não bata demais porque o papel tornar-se-à quebradiço).

3. Despeje o papel batido na bacia com água até ½. Agite a mistura com a mão para as partículas de papel não se depositarem no fundo.
(foto ilustrativa)
4. Mergulhe a peneira pela lateral da bacia até ao fundo, subindo-a lentamente, sem incliná-la, apanhando as partículas em suspensão e formando uma camada de papel sobre a peneira. Se desejar papel mais grosso, adicione papel batido à bacia, agite e peneire novamente.

5. Coloque a peneira sobre um jornal, para secar a superfície inferior. Passe a mão sob a peneira inclinada para escorrer água. Troque o jornal até este não ficar mais molhado.

6. Ainda sobre o jornal, cubra a peneira com um pano e aperte para secar a superfície superior da folha. Use vários panos até que não molhem a mão no toque. Observe atentamente se não há bolhas, buracos ou imperfeições no papel. Se houver, despreze essa folha e repita o procedimento das etapas 4 e 5.

7. Vire a peneira sobre o jornal seco e dê várias pancadas no fundo. A folha deve soltar-se. (Se o papel estiver muito húmido, a folha não cai). Nesta fase, poderá adicionar folhas e flores secas, para decorar o papel.

8. Coloque a folha entre jornais secos e deixe-a secar até ao dia seguinte. Poderá prensá-la, com auxílio de livros pesados e grandes, como listas telefónicas. Pronta, esta folha poderá ser escrita, cortada, dobrada, colada, pintada e muito mais.
O processo de reciclagem de papel poderá servir para fazer folhas de papel reciclado, mas também peças modeladas e coloridas por si, usando a sua criatividade, através da técnica dopapel machê.

9. As sobras de papel picado ou batido podem ser peneiradas, esprimidas e encaminhadas para reciclagem selectiva e a água que sobre na bacia pode ser despejada no vaso ou jardim.

No começo vocês vão se espantar com o cheiro que não é muito agradável, mas depois de pronto, pintado, fica lindo.

Olha os que realizei com meus alunos:

O cofrinho de porquinho foi feito com balão. A criança enche o balão, pega a massa e contorne todo o balão com a massa do papel, deixe secar de um dia para outro. Os pezinhos cola com cola quente, são 4 tampinhas de garrafa pet, o nariz é uma tampinha de um frasco de desinfetante. As orelhas são feitas com papelão. Depois é só pintar e envernizar. Ahhhh, as vasilhas de plástico e alumínio servem como molde, a montagem é a mesma do porquinho, vai colocando papel em volta, deixa secar de um dia para outro, depois pinta, secando é só colocar sobre a mesa com belas frutas rsrsrs. Realizamos uma exposição dos trabalhos, as crianças amaram a ideia e muitos colocaram em prática a experiência em casa. Objetivo atingido!