Páginas

Mostrando postagens com marcador República Velha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador República Velha. Mostrar todas as postagens

domingo, 19 de junho de 2022

História: Atividade sobre República Velha - 9º ano

1) Por que alguns historiadores afirmam que a Proclamação no Brasil pode ser considerada um golpe de Estado?

2) Sobre a crise que levou ao fim do Império no Brasil, responda às questões a seguir.

a) Explique o que foi a Questão Escravista.
b) Qual foi o grupo que se colocou contra a Questão Escravista? Quais foram os motivos para essa oposição?

3) Por que a primeira fase da República brasileira ficou conhecida como Republica da Espada?

4) Durante a República da Espada, ocorreram duas revoltas promovidas por integrantes da Marinha brasileira, denominadas Revoltas da Armada. Escreva sobre os principais motivos que levaram à eclosão delas.

5) A respeito das constituições de 1824, 1891 e da atual, responda às questões a seguir.
a) Quantos e quais eram os poderes determinados pela Constituição Imperial de 1824?
b) Na Constituição de 1891, quantos poderes foram determinados?
c) De acordo com a forma como uma Constituição é elaborada, ela pode ser classificada como outorgada ou promulgada. Pesquise no dicionário o significado dos dois termos.
Outorgada:
Promulgada:
d) Quanto aos termos pesquisados, classifique as constituições brasileiras:
Constituição Imperial de 1824:
Constituição Republicana de 1891:
Atual Constituição brasileira:

6) Sobre a Revolução Federalista (1892-1895) iniciada no Rio Grande do Sul, analise as afirmativas a seguir.
I. Teve como única causa as disputas entre grupos políticos locais que desejavam chegar ao poder.
II. As discussões nacionais acerca da convocação de novas eleições presidenciais pelo Marechal Floriano Peixoto contribuíram para o agravamento das disputas políticas no Rio Grande do Sul.
III. A revolução atingiu os estados de Santa Catarina e do Paraná.

De acordo com as afirmativas, assinale a alternativa correta.
a) Todas as afirmativas estão certas.
b) Todas as afirmativas estão erradas.
c) As afirmativas I e II estão certas.
d) As afirmativas I e III estão certas.
e) As afirmativas II e III estão certas.

7) Leia o que Lima Barretos, escritor daquele período, escreveu sobre a forma como o poder era exercido nos primeiros tempos da República.
“Não há lá homem que não tenha, pelo menos, trinta parentes ocupando cargos do Estado; não há político influente que não se julgue com direito a deixar para os seus filhos, netos, sobrinhos, primos, gordas pensões pagas pelo Tesouro da República. [...]
No entanto, a terra vive na pobreza; os latifúndios abandonados e indivisos; a população rural, que é a base de todas as nações, oprimidas por chefões políticos, inúteis, incapazes de dirigir a cousa mais fácil desta vida.”
BARRETO, Lima. Os bruzundangas. São Paulo: Ática, 1985.p: 45.
a) No texto reproduzido, Lima Barreto faz criticas à estrutura social e política dos primeiros tempos da República. Quais são essas criticas? 
b) Em sua opinião, as criticas feitas para aquele período servem para a atualidade? Por quê?
c) Com base no texto, é possível reconhecer o sistema de relações de poder predominante na República Oligárquica? Identifique o nome desse sistema e cite as suas principais características.

8) Cite dois movimentos populares ocoridos durante a República Oligárquica.

9) Que transformações econômicas ocorreram no Brasil durante a República Oligárquica?

10) Apresente as semelhanças entre os movimentos de Canudos e do Contestado.

11) Explique o que foi a Revolta da Vacina.

12) A guerra de Canudos pode ser caracterizada como:

A) (  ) uma luta contra a expulsão dos camponeses no oeste do Paraná e de Santa Catarina.
B) (  ) um movimento de descontentamento das oligarquias quanto aos governos dos marechais.
C) (  ) uma luta dos sertanejos contra o latifúndio e as medidas repressivas do governo.
D) (  ) o temor dos grandes proprietários da região quanto ao apoio do governo federal ao Arraial de Canudos.

13) O movimento tenentista foi resultado:
a) (  ) do desejo de manter a organização política nas mãos da oligarquias.
b) (  ) da violência praticada pelo governo federal contra os movimentos populares.
c) (  ) da convocação dos tenentes para reprimir as revoltas populares.
d) (  ) do desejo de alterar a política das oligarquias, tidas como corruptas.

14) Leia o texto a seguir:
“O bandido social é, em geral, membro de uma sociedade rural atrasada em que predomina a grande propriedade. O ponto básico a respeito dos bandidos sociais é que são proscritos rurais, encarados como criminosos pelo senhor e pelo Estado, mas que continuam a fazer parte da sociedade camponesa, e são considerados por sua gente como heróis, como campeões vingadores, paladinos da Justiça, talvez até mesmo como líderes da libertação e, sempre, como homens a serem ajudados e apoiados. É essa ligação entre o camponês comum e o rebelde, o proscrito e o ladrão que torna o banditismo social interessante e significativo.”
HOBSBAWM, Eric. Bandidos. São Paulo: Forense, 1978.p.12.
De acordo com a descrição, pode-se citar como bandido social atuante na história da Primeira República no Brasil:
a) Tiradentes
b) Floriano Peixoto
c) Zumbi dos Palmares
d) Lampião 
e) Anita Malfatti