Páginas

Mostrando postagens com marcador Perserverança. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Perserverança. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Advento



Encontro de catequese com o tema Advento, e dinâmicas.


PREPARANDO O ADVENTO
ADVENTO: UM TEMPO ESPERADO
Iniciamos o ano 2000 com muitas expectativas. Muitos eventos, realizações, reflexões aconteceram. Agora, estamos nos preparando para celebrar o último natal deste milênio. O grande motivo do jubileu são os 2000 anos da humanidade de Deus. Em Jesus, Deus entra definitivamente na nossa história.
O advento nos ajuda a pôr os pés na estrada e ir ao encontro daquele que vem. O tempo do Advento é o tempo da “manifestação do Senhor”. São três etapas definidas:
• a preparação, no período denominado, Advento;
• a celebração, centralizada nas cerimônias do nascimento do Senhor;
• tempo de manifestação pública, marcado pela Festa da Epifania.
Vamos entrar no Advento em clima de esperança, trazendo presente que todas as pessoas, pobres, ricos, crianças, jovens, adultos, idosos, estão sempre buscando a felicidade, manifestada em anseios de mais amor, compreensão, ternura, acolhida, mas também casa, comida, saúde... Na esperança, ainda, de que justiça e paz se abracem e que todos os povos esqueçam as guerras, as diferenças, os confrontos e que possam caminhar para uma maior reconciliação.
1.º DINÂMICA
Advento é tempo de acolher a Deus e os irmãos em nossa vida. Para isso, é preciso manter-se vigilante e lutar contra atitudes que desfavorecem o crescimento da alegria, concórdia, partilha, perdão... É preciso manter-se unido na defesa de qualquer irmão ameaçado.
1) Trazer jornais e escolher tudo o que inspira esperança, vida...
Com figuras, formar um painel com a Palavra NATAL. Recortar bolas para colorir o painel. Nas bolas expressar, em palavras, como sonhamos festejar o Natal. Ex.: vida, justiça, igualdade... Lembrando que a melhor festa é aquela que preparamos. Deus é festa. Deus é esperança. Deus é razão de nossa esperança,...

2.º DINÂMICA
2) Usar frases do tempo do Advento para fazer uma reflexão e construir algumas práticas e propostas.
A) “Levantem-se e ergam a cabeça, porque a libertação de vocês está próxima”(Lc 21, 28).
• Diante de que precisamos erguer a cabeça?
• De que maneira podemos criar coragem e erguer a cabeça diante de situações onde a vida é ameaçada?
B) “Tomem cuidado para que os corações de vocês não fiquem insensíveis” (Lc 21, 34).
• Quando e como o nosso coração é insensível?
• Qual o remédio para torná-lo sensível?
C) “Cresça o amor entre vocês” (1Ts 3, 12).
• É o amor a atitude fundamental em nossa vida? Por que sim? Por que não?
• Que práticas podemos sugerir para vivenciar o amor preparando-nos para o Natal?
D) “Foi nesse tempo que Deus enviou a sua Palavra a João” (Lc 3, 2).
• Como é que Deus está falando, hoje?
• Com quem Ele pode estar falando?
• Aonde ele está falando? Em que fatos?
• Eu o escuto falando na minha vida? Como?
E) “Esta é a voz daquele que grita no deserto; preparem os caminhos do Senhor” (Lc 3, 4).
• Quais são, hoje, os grandes desertos, onde predomina a surdez, a indiferença, a aco- modação diante do valor da vida e da fé?
• Que sinais poderíamos criar para fazer o deserto florir?
F) “Deus está no meio do povo e vem para renovar o seu amor. Não tenha medo e nem se acovarde, pois, Ele é o libertador” (Sf 3, 16-17).
• É tempo de preparar a festa, porque ele vem. Que tipo de festa Deus quer?
• Como preparar bem esta festa?
G) “Maria partiu às pressas dirigindo-se a uma cidade da Judéia, entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel” (Lc 1, 39-40).
• Maria e Isabel se encontram e partilham os mesmos sonhos e a mesma missão.
• Como são nossos encontros entre amigos, familiares? Eles criam um relacionamento fraterno, de respeito, de igualdade, amizade, ajuda, compreensão...? Como?
• Com quem precisamos nos encontrar para uma verdadeira reconciliação? Que propos tas temos?
As respostas podem ser criativas:
• Em forma de Happ, ou música popular.
• Desenhos animados ou em quadrinhos.
• Teatro ou música.
• Dança com gestos.
• Colagem de figuras.
• Trabalho em argila, ou massa.
• Palavras em faixas.
• Uso de fantoches.
• Uso de símbolos desenhados ou reais.
• Mensagens escritas em forma de cartões.
3.º DINÂMICA
3) Maria é uma figura central na caminhada para o Natal.
Diz o anjo: “Não tenha medo, Maria, pois você encontrou graça diante de Deus” (Lc 1, 30).
Maria representa todos os que confiam em Deus e nele prosseguem sem medo. Representa ainda os que percebem os sinais da presença amorosa e fiel de Deus em todos os tempos.

• Fazer o grupo recolher símbolos expressan do os sinais da presença amorosa de Deus. A cada apresentação pode-se repetir um refrão: “Minha alma proclama a grandeza do Senhor” (Lc 1, 46).
1.º Água – representa a vida do nosso povo que continua lutando por casa, comida...
2.º Plantinha verde – significa a esperança de ver as crianças crescendo com saúde, educação...
3.º Mãe grávida – vida nova a ser gerada, sinal da presença amorosa de Deus.
4.º Velas coloridas – a alegria da espera da festa, porque o Senhor vem.
5.º Flores – o colorido da natureza, presente e gratuidade de Deus.
6.º Pão – pão que sacia a fome da acolhida, partilha e igualdade.
7.º Cesta com frutas e produtos da terra – sig- nificando serviço, trabalho, suor de tantos trabalhadores e trabalhadoras e o sonho da multidão dos “sem terra”. Outros...
4.º DINÂMICA
Maria continua presente nos pequenos fatos contados pelo Evangelho.
Ela é que sai de seu lugarejo e vai às pressas à casa de Isabel.
Tempo do Advento é tempo de ficarmos todos, como Maria e Isabel, atentos ao que Deus nos pede, até nas pequenas coisas do nosso dia-a-dia.
Hoje, na corrida da vida, nem percebemos quem vai ao nosso lado.
Maria, porém, tem pressa para ir ao encontro de sua prima, que precisa de ajuda, companhia, carinho, atenção...

a) Ler o texto do Evangelho de Lc 1, 39-45.
b) Dramatizar ou contar com as próprias palavras o texto.
c) Vestir duas mulheres que representem Isabel – idosa, Maria – jovem.
Isabel espera João Batista, Maria espera Jesus. Isabel gerou o último profeta, Maria, gerou aquele que todos esperavam, o Salvador do mundo, o Filho de Deus.
Pode-se fazer uma entrevista às duas mulheres refletindo sobre a grandeza, a generosidade, o mistério, o maravilhoso, a ternura de Deus para com seu povo, através de João Batista e de seu Filho Jesus.
Deus realiza grandes obras através dos pequenos.

Consultar os textos:
- Lc 3, 1-20; Lc 1, 26-56; Lc 1, 57-80.
5.º DINÂMICA
Maria tem pressa, não para fazer compras, nem para ir a um baile, nem para fofocas com as vizinhas, nem para investir seu dinheiro no banco, ou na bolsa de valores de Jerusalém.
Ela tem pressa para encontrar-se e partilhar sua experiência de ser mãe com outra mãe, Isabel.

PARA REFLETIR
• A nossa pressa é só para comprar, consumir?
• A nossa pressa é para encontrar-se e melhorar as relações entre pais, filhos, amigos, vizinhos, colegas de trabalho... com Deus?
• A nossa pressa é para praticar a solidariedade com as dores, inqui- etações, necessidades humanas?
• A nossa pressa é para encontrar-se, festejar, celebrar, alegrar-se, abra- çar-se, trocar afetos, reconciliar-se...?
• A reflexão pode ser feita, após a apresentação em forma de Teatro.
• Cada participante, ou em grupo, pode desenhar tipos de encontros mais freqüentes e dizer o que mais agrada. Nosso encontro com o aniversari- ante Jesus, como será? Fazer uma partilha.
Em cada encontro podemos sempre ser, através de nossa vida, uma boa notícia: no acolhimento dos irmãos, na busca da reconciliação, na valorização dos pequenos gestos, no testemunho de confiança, na luta por mais vida, no crescimento da fé.
Advento é convite para preparar bem a grande festa do aniversariante: Jesus Cristo. Nesta festa há lugar para os que forem capazes de construir relações igualitárias, onde ninguém ficará à margem, mas todos serão convidados a entrar na ciranda e cantar, dançar, pular, porque a salvação do nosso Deus chega a toda a humanidade e se torna vida na acolhida fraterna entre irmãos e irmãs.
Ir. Marlene Bertoldi

sábado, 8 de outubro de 2011

Masturbar é pecado?

Se leram o título e já se espantaram, imagina se um jovem catequizando ou crismando chega para nós catequistas e faz esta pergunta: Masturbar é pecado?


Pois é, conheço uma catequista que recebeu esta pergunta, e para ela foi o fim da picada. Ela achou um absurdo. E pior expulsou o jovem da sala. Pronto, não darei mais detalhes, melhor abafar o caso. Será o que pode ser ABSURDO? A pergunta ou a catequista?

Será que é motivo de assustarem? Meu ponto de vista, isso não é um espanto, só devemos estar sempre em alerta para qualquer tipo de pergunta. Postarei um texto sobre este assunto, escrito pelo Professor Felipe Aquino (escritor e apresentador da Tv Canção Nova). Leia e preparem-se para esses fatos inesperados.

"É grande a luta do jovem cristão contra esse vício; mas essa luta agrada muito a Deus porque a pureza é uma grande virtude. É um dos principais problemas enfrentados pelos jovens cristãos; não é indício de distúrbio de personalidade nem de problema mental. É um problema muito antigo na humanidade; já o “Livro dos Mortos”, dos egípcios, condenava essa prática por volta do ano 1550 antes de Cristo.

Da mesma forma, pelo código moral dos antigos judeus, era considerado pecado grave.
Há homens casados que continuam a se masturbar. Isso mostra que o vício da juventude continuou e prejudica o casamento.

Embora as aulas de “educação sexual” ensinem que a masturbação seja “normal”, e até necessária, na verdade é contra a natureza e contra a lei de Deus. É o uso do sexo de maneira egoísta, fora do plano de Deus. O sexo é para a união do casal e geração dos filhos. Na masturbação isso não acontece.

A Igreja ensina que esse é um ato desordenado. “A masturbação é um ato intrínseca e gravemente desordenado” (Catecismo da Igreja Católica, §2352).

O jovem e a jovem cristãos devem lutar contra a masturbação, com calma, sem desespero e sem desânimo, sabendo que vão vencer essa luta com Deus, na hora certa. Para isso algumas atitudes são importantes:

1 - Tenha calma diante do problema. Você não é nenhum desequilibrado sexual.

2 - Corte todos os estimulantes do vício. Jogue fora todas as revistas 
pornográficas, livros e filmes eróticos. E não fique olhando para o corpo das moças ou dos rapazes, alimentando a sua mente com desejos eróticos. Deixe de assistir a filmes e programas pornográficos ou excitantes (tv, internet, filmes, etc.). Sem essa vigilância, você não conseguirá deixar o vício.

3 - Faça bom uso de suas horas de folga. Aproveite o tempo para ler um bom livro, praticar esportes, sair com os amigos, caminhar, entre outros. Não fique sem fazer nada, especialmente na cama, pois “mente vazia é oficina do diabo”.

4 - Não desanime nem se desespere nunca. Se você cair, levante-se imediatamente, peça perdão a Deus, de imediato, e retome o propósito de não pecar. Não fique pisando na sua alma e se condenando. Confesse-se logo que puder, não tenha vergonha, o padre não se assusta mais com isso. Peça a ajuda dele.

5 - Alimente a sua alma com a oração, a Palavra de Deus e os sacramentos da Igreja. “Mosca não assenta em prato quente”. Consagre-se todos os dias a Nossa Senhora e a São José, pais da castidade. Não deixe de rezar o Terço. Se puder, comungue sempre.

6 - A receita de Jesus é “vigilância e oração” para não pecar. “A ocasião faz o ladrão”, ou ainda: “Quem ama o perigo, nele perecerá”."



Com este caso podemos ver uma carência das famílias em relação a orientação sexual e religiosa de seus filhos. Vejo também que há catequistas precisando se atualizarem, e se prepararem mais. Vamos lá catequistas ser mais curiosos, por que catequista curioso é sinal positivo.

sábado, 13 de agosto de 2011

Pai Nosso Meditado


Cristão:Pai Nosso que estais no céu......
Deus: Estou aqui
Cristão:Por favor não me interrompa,estou rezando!
Deus:Mas você não me chamou?
Cristão:Chamei?Eu não chamei ninguém. Estou rezando..
Pai Nosso que estais no céu...
Deus:Olha só você me chamou novamente!
Cristão:Fiz o que?
Deus:Me chamou!Eu disse:Pai Nosso que estais no céu...Estou aqui. Como posso te ajudar?
Cristão:Mas eu não quis dizer isso. É que estou rezando. Rezo o Pai Nosso todos os dias...me
Sinto bem rezando assim. É como se fosse um dever e não me sinto bem até cumpri-lo.
Deus:Mas como pode dizer Pai Nosso,sem se lembrar que todos sãos seus irmãos...Como pode dizer que estais no céu,se nem ao menos sabe que o céu é a paz,que o Céu é o amor a todos?
Cristão:è realmente não tinha pensado nisso...
Deus:Prossegue sua oração....
Cristão:Santificado seja o vosso nome...
Deus: O que queres dizer com isso?
Cristão:Quero dizer,quero dizer,é..não sei o que significa...Como é que vou saber?Faz parte da oração,só isso!
Deus: Santificado significa digno de respeito,Santo,Sagrado.
Cristão:Agora entendi. Nunca havia pensado no sentido da palavra Santificado. Venha a nós o Vosso reino,seja feita a Vossa vontade,assim na terra como no Céu
Deus:Fala sério?
Cristão:Claro porque não?
Deus:E o que faz para que isso aconteça?
Cristão:O que faço?Nada!É que faz parte da oração,além disso,seria bom que o senhor tivesse controle de tudo o que esta acontecendo no Céu e na terra também.
Deus: Tenho controle sobre você?
Cristão:Bem eu não frequento a igreja1
Deus:Não foi isso que EU perguntei...que tal o jeito que trata seus irmãos,a maneira que gasta o seu dinheiro,o muito tempo que dá a televisão,as propagandas que corre atrás e ao pouco tempo que dedica a MIM?
Cristão:Por favor,Senhor...
Deus:Desculpe-me...Pensei que estava pedindo para que fosse feita a Minha vontade. Se isso acontecer,tem que ser com aqueles que rezam. Mas que aceitem a Minha vontade,o frio,o sol,a chuva,a natureza,a comunidade.
Cristão: Está certo,tem razão. Acho que nunca aceito a SUA vontade,pois reclamo de tudo,se manda chuva peço sol,se manda sol reclamo do calor,se mando frio,continuo reclamando,se estou doente,peço saúde mas não cuido dela,deixo de me alimentar ou como muito...
Deus:Ótimo reconhecer tudo isso!Vamos trabalhar juntos,EU e tu mas,saiba que vamos ter vitórias e derrotas. Estou gostando da sua nova atitude...
Cristão:Olha Senhor preciso terminar agora. Esta oração está demorando muito mais do que costuma ser,vou continuar. O pão nosso de cada dia nos daí hoje.
Deus:Está pedindo pão material?Nem só de pão vive o homem,mas também da Minha palavra..quando Me pedes o pão,lembre-se daqueles que nem conhecem o pão. Pode Me pedir o que quiser desde que Me veja como um Pai amoroso. Estou interessado na próxima parte da oração.
Cristão:Perdoai as nossas ofensas,assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido...
Deus:E o seu irmão desprezado?
Cristão:Olha Senhor,ele já me criticou varias vezes e não era verdade o que dizia. Agora não consigo perdoar. Preciso me vingar.
Deus:Mas,e a sua oração:O que quer dizer sua oração?Me chamou e EU estou aqui,quero que saia daqui transfigurado...Estou gostando da sua honestidade,mas não é bom carregar o peso da sua ira dentro de você,não achas?
Cristão:acho que iria me sentir melhor se me vigiasse!
Deus:Não iria...iria se sentir pior...A vingança não é tão doce como parece. Pensa na tristeza que Me causaria,pensa na sua tristeza,agora...Posso mudar tudo para você..basta querer!
Cristão: Pode?Mas como?
Deus:Quando diz perdoai as nossas ofensas ,está dizendo perdoai os nossos erros..e todos os erros são perdoáveis...Então,perdoa o seu irmão...EU o perdoarei e o aliviarei...
Cristão:Mas senhor,eu não posso perdoá-lo.
Deus:Então,também não pode me pedir perdão...
Cristão:Mais uma vez esta certo!Mais do que quero vingar-me Senhor,mostra-me o caminho certo para mim e meus inimigos.
Deus:O que Me pedes é maravilhoso. Estou muito feliz contigo. E você como se sente?
Cristão?Bem,muito bem mesmo!Para falar a verdade,nunca tinha me sentido assim!È tão bom falar com Deus!
Deus:Ainda não terminou a oração...
Cristão:E não nos deixei cair em tentação,mas livrai-nos do mal!!!
Deus: Vou fazer isso mas não se ponha em situações onde possa ser tentado...
Cristão:O que quer dizer com isso?
Deus:Deixe de andar na companhia dos que te levam a participar das coisas ruins,das intrigas,fofocas...mas,como não deixei de amá-los pois são todos seus irmãos...Abandona o julgamento e o ódio,isso leva-te para o caminho errado.
Cristão:Não estou entendendo...
Deus:Sim você entende!Já fez isso comigo várias vezes. Entra no erro,depois Me pedes socorro...
Cristão:Estou com muita vergonha,perdoa-me Senhor!
Deus:Eu sempre perdoo! Sempre perdoo a quem,também,está disposto a perdoar...Mas não se esqueça de nossa conversa quando Me chamar..lembre-se e medita cada palavra que pronunciar!
Termina sua oração...
Cristão:Terminar?Ah,sim,Amém!
Deus:O que quer dizer Amém?
Cristão:Não sei. É o final da oração...
Deus:Só deve dizer Amém quando aceitar tudo o que te peço,quando concordar com a Minha vontade...quando seguir Meus mandamentos,porque Amém,quer dizer. Assim seja..concordo com tudo o que rezei.
Cristão:Senhor obrigada por me ensinar-me está oração,obrigado por fazer-me entende-la,obrigado por me amar!
Deus:Eu amo cada um de Meus filhos,os que estão perto de mim...os que ainda estão no erro e os que querem sair do erro...Fica em paz...fica com Minha paz...Eu te abençoo!
Cristão:Obrigado Senhor!Estou muito feliz em saber que és meu amigo.
Fizemos um teatro com esse Pai Nosso Meditado tentando explicar de maneira clara aos nossos adolescentes de como devemos rezar o Pai Nosso. A oração que Deus nos deixou,nos vestimos de branco apagamos as luzes e acendemos uma vela,e uma pessoa ajoelhou-se e fez o papel do Cristão,e a outra o papel de Deus. E colocamos de fundo a musica Pai Nosso(Padre Marcelo).

terça-feira, 19 de julho de 2011

Atividades para colorir

Ofereço duas atividades aos colegas catequistas. A primeira recomendo para desenvolverem com a etapa da 1º eucaristia ou perseverança, porque a linguagem já é um pouco madura. Na pré-eucaristia nós trabalhamos uma linguagem mais infantil, com histórias, gravuras, mural e esta atividade é mais para o lado reflexivo tornando-se uma boa atividade para falar sobre a criação nestas etapas que citei.
Já a segunda atividade foi pensando em um comentário que a  Imaculada fez aqui no blog, sobre a importância da Salve Rainha e de ensinar aos pequeninos esta oração. Espero que gostem.